sabato 4 dicembre 2021

Cipro
Refugiados vão ser acolhidos na Itália com apoio da Santa Sé

(ecclesia)
  O porta-voz do Vaticano anunciou hoje que um grupo de refugiados e migrantes no Chipre vão ser acolhidos na Itália, com o apoio da Santa Sé, num “gesto humanitário”. A iniciativa é divulgada no segundo dia da viagem que Francisco realiza à ilha do Mediterrâneo, onde tem repetido mensagens em defesa de quem deixa a sua terra. Segundo o Vaticano, cerca de uma dezena de migrantes vão chegar à Itália nas próximas semanas, graças à iniciativa do Papa, numa organização da comunidade católica de Santo Egídio, com a ajuda de autoridades italianas e cipriotas. O portal ‘Vatican News’ assinala que o objetivo é “realocar cerca de 50 pessoas, incluindo mulheres solteiras com os seus filhos”. O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, destacou que este é um “sinal da preocupação do Santo Padre pelas famílias e pelos migrantes”, com que se encontrou esta tarde, numa oração ecuménica. (...)