venerdì 4 agosto 2017

Agência Ecclesia
O Papa alertou para a situação de “violência fratricida” no Médio Oriente, numa mensagem dirigida à organização católica ‘Cavaleiros de Colombo’. “Nenhum de nós pode ficar cego diante dos sofrimentos daqueles a quem a violência fratricida e o fanatismo religioso deixaram sem teto ou dos que foram forçados a fugir da sua pátria”, refere o texto, enviado através do cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano, aos membros da Ordem dos Cavaleiros de Colombo, reunidos até hoje na sua 135ª assembleia anual em St. Louis, EUA. (...)