giovedì 20 luglio 2017

Agência Ecclesia
O arcebispo de Moscovo recordou à Agência ECCLESIA as “resistências” que a mensagem de Fátima encontrou para chegar ao conhecimento dos cristãos russos no século XX. “Podemos dizer que até aos anos 90, salvo qualquer rara exceção, não se falou. Nos anos 90 retomamos o sentido destas aparições, sobretudo graças a uma peregrinação da imagem de Nossa Senhora de Fátima a meados dos anos 90, que peregrinou por toda a Rússia”, referiu D. Paolo Pezzi, (...)