martedì 25 luglio 2017

Agência Ecclesia
O Papa manifestou hoje a sua solidariedade aos pais de Charlie Gard, que se preparam para a morte do bebé inglês, de 11 meses, após uma longa batalha judicial sobre os tratamentos a prestar-lhe. “O Papa Francisco está a rezar pelo Charlie e pelos seus pais e sente-se particularmente próximo deles neste momento de imenso sofrimento”, refere a mensagem divulgada pelo porta-voz do Vaticano, Greg Burke. A reação surge depois da notícia de que os pais renunciaram ao seu pedido de levar a criança para os EUA para o submeter a tratamentos experimentais, já depois de o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos ter dado razão aos especialistas que sustentam o desligamento das máquinas para não provocar mais sofrimento da criança.