lunedì 18 ottobre 2021

Portogallo
D. António Marto condena «clericalismo e rigidez» e pede «escuta» para converter Igreja

(ecclesia)
«Estamos muito habituados a dizer ‘vinde à Igreja’, mas Jesus disse ‘ide’. Até o Papa Francisco diz que a Igreja tem Jesus prisioneiro e Ele quer sair, quer ir às periferias» – bispo de Leiria – Fátima.  O cardeal D. António Marto apelou hoje ao “discernimento comunitário” para fazer face “às tentações do clericalismo, da rigidez e do sectarismo”, e encontrar “consensos num processo espiritual de escuta”. “Esta atitude marca uma visão da Igreja: Convida a passar de um modelo de Igreja clerical, a um modelo sinodal, baseada na corresponsabilidade de todos os fiéis leigos, fieis padres, fieis bispos, e fiel sucessor de Pedro”, afirmou o bispo de Leiria-Fátima durante a assembleia que deu início na diocese ao Sínodo dos Bispos. (...)