mercoledì 15 maggio 2019

Angola
Igreja Católica angolana alerta que redes sociais "podem potenciar auto-isolamento" das pessoas
Lusa - Diario de Noticias
O núncio apostólico em Angola e São Tomé considerou hoje, em Luanda, que a utilização das redes sociais constitui uma ocasião para "favorecer o encontro", mas também "pode potenciar o auto-isolamento como uma teia de aranha". Petar Rajic, que falava hoje, em Luanda, durante uma conferência de imprensa de apresentação da mensagem do Papa Francisco por ocasião da 53ª Jornada Mundial das Comunicações Sociais 2019, sublinhou que as redes sociais devem ser um instrumento para libertar e proteger. (...)