domenica 2 luglio 2017

Agência Ecclesia
O Papa Francisco apelou hoje no Vaticano ao fim da violência na Venezuela, defendendo uma saída “pacífica e democrática” para a atual crise política no país sul-americano. “Faço um apelo para que se coloque um ponto final na violência e se encontre uma solução pacífica e democrática para a crise”, disse, desde a janela do apartamento pontifício. Francisco recordou que a 5 de julho se celebra a festa da independência da Venezuela; mais de 70 pessoas morreram, desde abril, na sequência de protestos anti e pró-governamentais. (...)