giovedì 6 luglio 2017

Agência Ecclesia
O jornalista Joaquín Navarro-Valls, que foi porta-voz do Vaticano entre 1984 e 2006, faleceu hoje em Roma, aos 80 anos, vítima de um cancro no pâncreas, informou o Opus Dei, a que pertencia. O ex-diretor da sala de imprensa da Santa Sé morreu na sua residência, “acompanhado por fiéis da prelatura do Opus Dei”, adianta uma nota divulgada na página da instituição na internet. O funeral de Navarro-Valls vai ser celebrado esta sexta-feira, pelas 11h00 locais (menos uma em Lisboa), na Basílica de Santo Eugénio, sob a presidência de monsenhor Mariano Fazio, vigário-geral do Opus Dei. (...)