giovedì 22 giugno 2017

Agência Ecclesia
O Papa Francisco recordou hoje no Vaticano as “ondas terríveis de perseguição” aos cristãos do Médio Oriente, ao receber os responsáveis pelo apoio às comunidades católicas na região. “As Igrejas Orientais viveram muitas vezes ondas terríveis de perseguição e luta seja, no Leste europeu seja no Médio Oriente. Grandes migrações enfraqueceram a sua presença nos territórios onde floresceram há séculos”, disse, perante os participantes na 90ª sessão plenária da Reunião das Obras para Ajuda às Igrejas Orientais (Roaco). (...)