giovedì 25 maggio 2017

Agência Ecclesia
A Cáritas Portuguesa mostrou-se hoje “preocupada” com a atual situação da Venezuela, deixando alertas para o aumento do número de “crianças com fome e de doentes sem acesso a medicamentos”. “A Cáritas Portuguesa apela às autoridades nacionais para que também elas acompanhem a situação precária desta população, nomeadamente, dos concidadãos emigrados e que intensifique os seus contactos com instâncias internacionais”, refere a instituição, numa nota enviada hoje à Agência (...)