giovedì 13 aprile 2017

Agência Ecclesia
As meditações da Via-Sacra a que o Papa vai presidir esta Sexta-feira Santa no Coliseu de Roma evocam a “banalidade do mal”, numa proposta da teóloga francesa Anne-Marie Pelletier. “São inúmeros os homens, as mulheres e até as crianças abusadas, humilhadas, torturadas, assassinadas, sob todas as dimensões do céu e em cada momento da história”, refere o texto da biblista, a primeira mulher a ser distinguida com o Prémio Joseph Ratzinger, uma espécie de Nobel da Teologia. (...)