sabato 15 aprile 2017

Agência Ecclesia
O pregador da Casa Pontifícia alertou hoje para os “corações de pedra” na homilia onde explicou que a cruz dá sentido ao sofrimento e na sociedade atual de relatos de mortes diárias, Jesus “mudou o rosto da morte”. Na homilia, após escutarem a narrativa da Paixão de Cristo, o “relato de uma morte violenta”, frei Raniero Cantalamessa questionou porque é que o mundo ainda recorda dois mil anos depois a morte de Jesus “como se tivesse acontecido ontem”. (...)