giovedì 13 aprile 2017

Agência Ecclesia
O Papa diz que o pecado manifesta-se atualmente em “todo o seu poder destrutivo” sobretudo através “da guerra, das várias formas de violência, e da rejeição dos mais frágeis”. “O mundo tem de parar os senhores da guerra, porque quem mais sofre são os últimos e os desamparados”, frisa Francisco, numa entrevista ao jornal italiano ‘La Repubblica’, publicada esta Quinta-feira Santa. Numa abordagem a vários temas da atualidade, o Papa argentino voltou a utilizar a expressão “guerra aos pedaços”, ao falar sobre os conflitos que estão ativos em várias partes do globo. (...)