sabato 18 marzo 2017

Agência Ecclesia
O Papa Francisco confessou-se hoje no Vaticano e presidiu ao “rito da reconciliação dos mais penitentes”, com a confissão e a absolvição individual.
Após a celebração da palavra, os participantes foram convidados a um “silêncio prolongado” para o exame de consciência, “confiando na misericórdia do Pai” e acolhendo “das mãos da Igreja o perdão”. Seguiu-se o rito da reconciliação, primeiro pela “confissão geral dos pecados” e depois pela (...)