venerdì 18 novembre 2016

Agência Ecclesia
O Papa defendeu hoje no Vaticano a necessidade de recuperar o “sentido social” da atividade financeira e de fazer das empresas um espaço de “misericórdia”. Francisco falava numa audiência aos cerca de 500 participantes da Conferência Internacional das Associações de Empresários Católicos (UNIAPAC). “É urgente recuperar o sentido social da atividade financeira e bancária”, exortou o pontífice, argentino afirmando que isso supõe assumir o risco de “complicar a vida”, renunciando a possíveis ganhos. (...)