sabato 12 novembre 2016

Agência Ecclesia
O Papa presidiu hoje à última audiência jubilar, na Praça de São Pedro, e afirmou que a misericórdia é um “modo de agir” que inclui e perdoa todas as pessoas, até os “maiores pecadores. Para Francisco a inclusão é um “aspeto importante da misericórdia”, traduz o “desígnio de amor” de Deus que “não quer excluir ninguém, antes incluir todos” e gera um “modo de agir”. “A misericórdia é um modo de agir, um estilo, com o qual procuramos incluir na nossa vida os outros, evitando de nos fecharmos em nós mesmos e nas nossas seguranças egoístas”, disse na última audiência jubilar. (...)