giovedì 24 novembre 2016

Agência Ecclesia
O Papa Francisco condenou hoje no Vaticano a “grande injustiça” da falta de instrução e do analfabetismo, que afeta em particular as crianças. “Não se pode entender que haja crianças analfabetas num mundo onde o progresso técnico, científico, já chegou tão longe. Isto não se consegue entender e é uma injustiça”, declarou, na audiência pública semanal que decorreu na sala Paulo VI. Francisco alertou para as consequências da falta de instruçã (...)