martedì 29 novembre 2016

Lusa
O bispo da diocese Leiria-Fátima, António Marto, afirmou que rezou hoje pelo histórico líder de Cuba, Fidel Castro, após ter recebido a notícia da sua morte. "Hoje, quando recebi a notícia, rezei por ele", contou aos jornalistas António Marto, considerando ser importante ter uma "atitude de misericórdia" que faz encontrar as pessoas "para além das suas diferenças". Com as "mudanças que o mundo atravessou", Fidel Castro tornou-se "mais tolerante", tendo tido "diálogos profundos com o papa João Paulo II e com o papa Bento XVI", notou. (...)